Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Maio de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Ataques de coalizão dos EUA matam mais de 100 na Síria

Alvos foram combatentes pró-regime de Bashar al-Assad

Jornal do Brasil

A coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos contra o Estado Islâmico (EI) na Síria conduziu ataques aéreos ontem (7) que deixaram mais de 100 mortos. Mas os alvos, desta vez, foram combatentes pró-regime sírio, acusados pela coalizão de atacarem bases das Forças Democráticas Sírias (SDF) nas quais estavam oficiais norte-americanos. A SDF é formada por curdos e apoiada por Washington.

Os militantes atacaram a coalizão pelo rio Eufrates, com artilharia e armas. Em resposta, a coalizão disparou por via aérea.

"As forças pró-governo sírias iniciaram um ataque não provocado contra o Estado-Maior General das Forças Democráticas da Síria em 7 de fevereiro. Os militares da coalizão se encontravam na qualidade de conselheiros, assistentes e forças acompanhantes junto com os parceiros das SDF durante o ataque, à distância de oito quilômetros a leste da linha acordada de prevenção de conflitos no rio Eufrates", informou a coalizão em um comunicado.

A Rússia, que atua na guerra da Síria ao lado do governo do ditador Bashar al-Assad, criticou o ataque. "O recente incidente demonstra, mais uma vez, que a presença militar ilegal dos Estados Unidos tem, na realidade, o objetivo de assumir o controle dos recursos econômicos do país, e não de combater o Estado Islâmico", acusou o Ministério da Defesa de Moscou.



Tags: ataque, coalizão, eua, mata, síria

Compartilhe: