Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Maio de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Princesa do Japão adia casamento com plebeu até 2020

Filha do imperador Akihito precisaria abrir mão da realeza

Jornal do Brasil

Após ter anunciado que abriria mão da realeza para se casar com o namorado plebeu, a princesa Mako, a filha mais velha do imperador do Japão, Akihito, adiou seu matrimônio nesta quarta-feira (7) por pelo menos dois anos. De acordo com a agência da família imperial, o casamento entre a princesa e o seu noivo, Kei Komuro, será adiado por conta da "preparação insuficiente" dos noivos.

"Nós chegamos à conclusão de que não há tempo para a preparação suficiente para vários eventos que seriam seguidos por nosso casamento neste outono e por nossa vida adiante. Nós acreditamos que fomos rápidos demais em várias coisas", disse Mako em um comunicado.

O casamento foi adiado há apenas um mês da cerimônia que iria oficializar o noivado entre Mako e Komuro. Enquanto a imprensa japonesa especula uma briga entre a mãe e o ex-padrasto de Komuro, eles afirmam que a família da princesa havia aceitado a decisão de Mako em se casar com o plebeu.

Um dos eventos que pode ter motivado a princesa a adiar o casamento é a troca de comando na família imperial. No início de 2019, está previsto que o atual imperador, Akihito, de 84 anos, passe o cargo para seu filho, o príncipe Naruhito. Essa será a primeira abdicação de um monarca nos últimos 200 anos.



Tags: 2020, adiamento, casamento, japão, plebeu, princesa

Compartilhe: