Jornal do Brasil

Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Parlamento Europeu retira vice-presidência de polonês que ofendeu colega

Agência Brasil

O mandato do eurodeputado Ryszard Czarnecki como vice-presidente do Parlamento Europeu terminou nesta quarta-feira (7) após ele ter chamado de "nazista" a deputada Roza Thun, também polonesa.

No mês passado, Roza Thun, que pertence ao partido de oposição, teceu críticas ao atual governo de Varsóvia. Czarnecki, membro do partido Lei e Justiça, atualmente no poder na Polônia, publicou na internet comentário que comparava a eurodeputada a um "szmalcownik" (termo pejorativo usado contra colaboradores nazistas que chantageavam judeus).

A Conferência dos Presidentes (composta pelo Presidente do Parlamento e por líderes de grupos políticos) apresentou proposta para retirar a vice-presidência de Czarnecki, que foi aprovada por 447 votos a favor e 196 contra.

O Parlamento, que tem no total 14 vice-presidentes, precisará eleger um novo eurodeputado para o cargo.

Os eurodeputados consideraram que o insulto constituiu uma "falha grave" e colocou em causa a "dignidade" do Parlamento Europeu.

De acordo com o Parlamento Europeu, Czarnecki continuará a ser membro da instituição, mas não poderá mais exercer cargos de vice-presidente ou presidente. "Ele não representará o Parlamento em nome do seu presidente nem presidirá os debates plenários."

Tags: cargo, europa, internacional, parlamento, politica, ue

Compartilhe: