Jornal do Brasil

Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Papa pede para empregados da Embraco lutarem contra demissões

Empresa brasileira da Whirlpool fechará fábrica na Itália

Agência ANSA

Uma delegação de trabalhadores italianos da Embraco, empresa brasileira da multinacional norte-americana Whirlpool, foi recebida nesta quarta-feira (7), no Vaticano, pelo papa Francisco.

O encontro ocorreu antes da audiência geral e durou alguns minutos. O líder católico exortou os trabalhadores a "continuarem a lutar pela defesa de seus postos de emprego".

Eles são funcionários de uma fábrica da Embraco em Riva presso Chieri, no noroeste da Itália, que será fechada pela Whirlpool.

O encerramento das atividades da unidade de produção causará a demissão de 497 pessoas. "O Papa nos disse: 'vocês devem lutar e ter fé também em sua luta, estou rezando por vocês'", contou um dos trabalhadores.

Nesta quinta-feira (8), os dirigentes da Embraco se reunirão com o ministro do Desenvolvimento Econômico da Itália, Carlo Calenda, e com representantes sindicais para uma nova rodada de negociações.

A fábrica produz compressores para refrigeradores das marcas da Whirlpool e, há 10 anos, empregava mais de mil pessoas. Hoje são apenas 530 funcionários.

Tags: demissões, embraco, empregado, papa, whirlpool

Compartilhe: