Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Israel envia mais tropas à Cisjordânia após reconhecimento de Jerusalém como capital

Sputnik

O exército israelense enviou vários batalhões e unidades de reconhecimento e proteção do território para a Cisjordânia após o Estado-Maior ter avaliado a situação, segundo informa o RT.

Os habitantes dos territórios palestinos estariam preparando ações de protesto contra a designação de Jerusalém como capital de Israel, diz o RT, citando o Twitter do órgão militar. 

"Logo após o Estado-Maior [de Israel] ter examinado a situação de segurança, foi tomada a decisão de aumentar as nossas forças na Judeia e Samaria [denominação da Cisjordânia usada por Israel] com o envio de vários batalhões", diz um comunicado da assessoria de imprensa do exército israelense.

Esta quarta-feira (6), o presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou que seu país reconhece a cidade de Jerusalém como capital de Israel.

Em 1980, Israel declarou Jerusalém sua capital "única e indivisível", incluindo a parte oriental da cidade, ocupada em 1967 depois do fim da Guerra dos Seis Dias. Os palestinos, por sua vez, consideram Jerusalém Oriental como a capital de seu país.

O estatuto da cidade se tornou um dos problemas centrais do conflito israelo-palestino, que deveria ser resolvido na base de um acordo com os palestinos. Por isso, todas as embaixadas estrangeiras em Israel se encontram em Tel Aviv.

O líder norte-americano, porém, já autorizou a transferência da embaixada norte-americana de Tel Aviv para Jerusalém. A declaração provocou enormes protestos entre os palestinos.

Tags: cisjordânia, estado-maior, israel, jerusalém, palestina

Compartilhe: