Jornal do Brasil

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Internacional

Desemprego na Itália fica estável no terceiro trimestre

Taxa de 11,2%, porém, é 0,4% menor do que a registrada em 2016

Agência ANSA

A taxa de desemprego no terceiro trimestre ficou em 11,2% na Itália, informou nesta quinta-feira (7) o Instituto Italiano de Estatísticas (Istat). O número é o mesmo registrado nos três meses anteriores.

Assim, o nível se mantém no mais baixo índice registrado desde o quarto trimestre de 2012, confirma a entidade. Na comparação com o terceiro trimestre de 2016, a queda na taxa foi de 0,4%.

Já a ocupação segue na tendência de alta e, no período, houve alta de 79 mil postos de trabalhos (0,3%) na comparação com o trimestre anterior, o que eleva a base anual para 303 mil novos empregos - alta de 1,3%. Em percentual, a taxa de ocupação ficou em 58,1%, o nível mais alto desde 2009.

Segundo o Istat, a Itália ainda quebrou o recorde histórico no número de trabalhadores com contratos de tempo determinado. São 2,7 milhões de italianos nesta situação, o maior número de 1992, quando o cálculo começou a ser feito.

Outro dado positivo revelado pelo instituto é o número de pessoas que voltaram a procurar emprego. Cerca de 101 mil buscaram por um emprego no período, fazendo cair o número dos inativos para 2,2% - queda de 5,7% na comparação com 2016.

Tags: desemprego, estável, itália, terceiro, trimestre

Compartilhe: