Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

Internacional

Atirador de Baltimore trabalhou em empresa alvo de ataque

Jornal do Brasil

O atirador de Baltimore, Radee Labeeb Prince, trabalhou na empresa que foi palco do ataque, a Advanced Granite Solutions, por quatro meses. Ele também é suspeito de ter cometido um homicídio em Delaware antes do tiroteio que deixou pelo menos três pessoas mortas e duas feridas, ambas em estado grave, em Edgewood, a 40 quilômetros de Baltimore, nos Estados Unidos, nesta quarta-feira (18).

O balanço de vítimas foi confirmado pelo xerife do condado de Harford, que disse que o suspeito se chama Radeed Prince, um homem negro de 37 anos. Ele fugiu logo após os disparos e estaria em um veículo GMC Acadia preto.

>> Atirador de Baltimore já tinha passagens pela polícia

O episódio ocorreu no Emmorton Business Park, um complexo de edifícios comerciais situado em Edgewood. Acredita-se que o tiroteio tenha sido motivado por questões de negócios.

De acordo com o xerife, todas as vítimas aparentam ser funcionárias da empresa de granito Advanced Granite Solutions. As autoridades pediram para os cidadãos evitarem a região, que foi bloqueada pelas forças de segurança.

Da agência Ansa Brasil

Tags: armas, atirador, estados unidos, internacional, mortes, violência, vítimas

Compartilhe: