Jornal do Brasil

Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Internacional

Atirador planejava outro ataque antes de festival em Las Vegas

Paddock cometeu o maior tiroteio da história dos EUA

Agência ANSA

Dois meses antes do massacre em Las Vegas, que deixou pelo menos 59 pessoas mortas, o atirador norte-americano Stephen Paddock planejava abrir fogo contra fãs de pelo menos outros dois festivais. De acordo com as autoridades, Paddock contratou hospedagem em hotéis que permitiam ampla vista do festival de rock Lollapalooza, em Chicago, que neste ano reuniu mais de 400 mil pessoas, inclusive a filha do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, e do evento de música alternativa The Life is Beautiful, também em Las Vegas. Segundo o detetive da polícia de Las Vegas, Joseph Lombardo, o atirador realizou as reservas por meio da plataforma AirBnB.

    Para o primeiro show, o quarto foi alugado entre 3 e 6 de agosto. Já para o segundo festival, a reserva ocorreu entre 22 e 24 de setembro.

Atirador planejava outro ataque antes de festival em Las Vegas
Atirador planejava outro ataque antes de festival em Las Vegas

    Os investigadores acreditam que as evidências encontradas confirmam que o crime foi premeditado e organizado apenas por uma pessoa. Para eles, o atirador pretendia fugir após executar seus planos.

    No quarto do Mandalay Bay, onde Paddock atirou contra a multidão que assistia o festival country "Route 91 Harvest", a polícia encontrou 23 armas, entre pistolas e fuzis. Além disso, em sua casa, foram localizadas outras 19 armas, explosivos e milhares de cartuchos de munição.

    No último domingo (1), Paddock foi o autor do maior tiroteio da história dos Estados Unidos. Ao menos 59 pessoas morreram e mais de 500 ficaram feridas em Las Vegas. Após o massacre, Paddock cometeu suicídio. (ANSA)

Tags: atirador, las, morte, paddock, show, vegas

Compartilhe: