Jornal do Brasil

Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Internacional

'NYT': "Trump declarou guerra", diz Coreia do Norte 

Chefe da diplomacia norte-coreana comenta ameaça do presidente norte-americano

Jornal do Brasil

Matéria publicada nesta segunda-feira (25) pelo jornal norte-americano The New York Times conta que o chefe da diplomacia norte-coreana, Ri Yong Ho, afirmou hoje em Nova Iorque que o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, "declarou guerra" à Coreia do Norte.

Segundo a reportagem, em declarações aos jornalistas em Nova Iorque, onde está participando da 72.ª Assembleia-Geral da ONU, o ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano disse que o regime de Pyongyang está pronto para abater os bombardeiros norte-americanos que se aproximem e sobrevoem o espaço aéreo junto da Coreia do Norte.

NYT acrescenta que no sábado, bombardeiros norte-americanos sobrevoaram águas internacionais próximas da costa da Coreia do Norte para enviar uma "mensagem clara" a Pyongyang, segundo informou o Departamento de Defesa norte-americano (Pentágono), que indicou, na mesma ocasião, que nunca um avião de combate norte-americano esteve tão a norte desde o início do século XXI.

"Todos os Estados-membros [da ONU] e o mundo inteiro devem lembrar-se claramente que foram os Estados Unidos os primeiros a declarar guerra ao nosso país", disse Ri Yong Ho.

"Desde que os Estados Unidos declararam uma guerra ao nosso país, temos todo o direito de adotar contra medidas, incluindo o direito de abater bombardeiros estratégicos, mesmo que estes não se encontrem no espaço aéreo do nosso país", reforçou o chefe da diplomacia norte-coreana.

Ri Yong Ho rebateu ainda declarações recentes de Trump sobre a durabilidade do atual regime de Pyongyang, liderado por Kim Jong-un.

"Trump afirmou que os nossos líderes não estarão no poder por muito mais tempo", recordou.

"A questão é saber quem ficará por mais tempo para encontrar uma resposta", afirmou o ministro norte-coreano.

>> The New York Times

"Todos os Estados-membros [da ONU] e o mundo inteiro devem lembrar-se claramente que foram os Estados Unidos os primeiros a declarar guerra ao nosso país", disse Ri Yong Ho
"Todos os Estados-membros [da ONU] e o mundo inteiro devem lembrar-se claramente que foram os Estados Unidos os primeiros a declarar guerra ao nosso país", disse Ri Yong Ho

Tags: bomba, economia, guerra, internacional, política, putin, relações, trump

Compartilhe: