Jornal do Brasil

Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Internacional

Apesar de vantagem, Merkel nega que eleição esteja definida

Alemães vão às urnas neste domingo (24) para novo pleito

Agência Brasil

Apesar do amplo favoritismo para conquistar seu quarto mandato consecutivo, a chanceler alemã, Angela Merkel, tratou de acalmar seu eleitorado em uma entrevista nesta terça-feira (19).

"Eu quero me dirigir a todos: as eleições não estão decididas. O CDU [União Democrata-Cristã, seu partido]não tem nenhum voto garantido. E falo também para o CSU [União Social Cristã]", disse em entrevista à "RTL".

O temor de Merkel é que um baixo comparecimento às urnas possa dar vantagem a partidos opositores, como o Alternativa para Alemanha. No entanto, se nas últimas eleições os representantes da extrema-direita representavam uma "ameaça", as pesquisas apontam um enfraquecimento do AFD.

Segundo uma pesquisa do Instituto Emnid, publicada pelo jornal "Bild", o AFD tem cerca de 10% do apoio nas urnas - enquanto a coalizão de Merkel tem entre 36 e 38% e o Partido Social Democrata (SPD), de Martin Schulz, tem entre 20% e 23%.

Tags: agencia, alemanha, ansa, europa, internacional

Compartilhe: