Jornal do Brasil

Domingo, 24 de Setembro de 2017

Internacional

Restos humanos são encontrados em destróier norte-americano

Colisão com navio petroleiro ocorreu perto de Cingapura

Agência ANSA

A equipe de mergulhadores que busca pelos 10 marinheiros desaparecidos na colisão de um destróier norte-americano com um navio petroleiro próximo a Cingapura encontrou restos humanos, informou o comando da Frota dos Estados Unidos no Pacífico nesta terça-feira (22).

De acordo com o almirante Scott Swift, referindo-se às buscas no destróier USS John S. McCain, "os mergulhadores conseguiram localizar alguns restos em compartimentos inundados durante as buscas de hoje".

Em coletiva na base naval de Changi, em Cingapura, onde a embarcação danificada está atracada, Swift também disse que a Marinha dos Estados Unidos está trabalhando para identificar se um corpo encontrado pelos malaias é de algum dos marinheiros.

O acidente ocorreu na madrugada da última segunda-feira (21), quando o USS John S. McCain e o petroleiro Alnic MC se chocaram quando o destróier se aproximava de Cingapura para uma escala de rotina.

A colisão abriu uma fenda na lateral do navio de guerra e inundou os compartimentos, inclusive os dormitórios da tripulação. Dez marinheiros norte-americanos foram declarados desaparecidos. Outros cinco militares ficaram feridos.

O incidente levou a uma investigação de toda a frota e a suspensões temporárias das operações para que o foco se volte à segurança. O "USS John S. Mccain" tem sua base em Yokosuka, no Japão, e foi construído em 1994.

Este é o quarto grande acidente da frota dos Estados Unidos no oceano Pacífico neste ano. O último aconteceu em 17 de junho, quando sete marinheiros morreram no choque entre o destróier USS Fitzgerald e um cargueiro filipino na costa do Japão.

Tags: agencia, ansa, estados, internacional, unidos

Compartilhe: