Jornal do Brasil

Sábado, 26 de Maio de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Papa expressa proximidade aos cristãos no Iraque

Francisco disse que eles 'estão no coração da Igreja'

Jornal do Brasil

O papa Francisco voltou a expressar sua "proximidade" aos cristãos perseguidos no Iraque, a quem lhe disse que "estão no coração da Igreja", nesta quarta-feira (3) durante a audiência geral.

    "A Igreja sofre com vocês e está orgulhosa de vocês, são a força e o testemunho concreto e autêntico de sua mensagem de salvação, de perdão e de amor", disse o Papa.

    Ao anunciar "as boas vindas" aos peregrinos de língua árabe, "em especial aos vindos do Iraque", o Papa destacou que "a Igreja é mãe e como todas as mães sabe acompanhar o filho com necessidades, consolar o filho caído, curar o doente, buscar o perdido e sacudir o adormecido e também defender os filhos indefesos e perseguidos".

    "Hoje queria assegurar especialmente a estes últimos, a minha aproximação, são o coração da Igreja, a Igreja que sofre com vocês e está orgulhosa de vocês, são a força e o testemunho concreto e autêntico de sua mensagem de salvação, de perdão e de amor. Que o Senhor os abençoe e os proteja", disse Francisco.

    Nos últimos meses, o Papa tem feito fortes apelos de paz e de condenação contra a violência no Iraque, marcada por confrontos entre xiitas e sunitas, por ações do grupo Estado Islâmico (EI) e contra as perseguições aos cristãos.

    Ainda hoje o Pontífice recordou os 75 anos do começo da Segunda Guerra Mundial e afirmou que o mundo precisa de paz.

    "Confiamos à misericórdia de Deus aqueles que perderam a vida por amor à pátria e aos irmãos, e invoquemos o dom da paz para todos os países da Europa e do mundo. Hoje especialmente precisamos de paz", afirmou ele.



Tags: Francisco, igreja, iraque, papa, pontífice

Compartilhe: