Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Internacional

Otan não considera mais Rússia como parceira

Agência ANSA

Altos funcionários da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) que preferiram não se identificar disseram que a aliança militar não considera mais Moscou como uma parceira. Por isso, o objetivo do encontro que começa nesta quinta-feira (4) é traçar uma estratégia de longo prazo para tornar a Europa mais segura, considerando esse novo comportamento da Rússia.    

"Olhando para trás no tempo, percebemos que [Vladimir] Putin vem preparando essa situação ao longo dos anos. Ele considera a Otan como uma adversária", afirmaram as fontes. Entre quinta e sexta-feira (5), os chefes de Estado e governo dos 28 membros da organização se reúnem no País de Gales para discutir a crise na Ucrânia.    

Desde terça (2), a Otan está realizando exercícios militares com centenas de soldados de nove países na Polônia. A aliança já demonstrou o desejo de reforçar sua presença no leste europeu para se contrapor à Rússia. Além disso, a entidade cobiça há tempos a adesão de Kiev, algo que não seria facilmente aceito por Moscou. 

Tags: crise, EUA, política, russia, ucranianos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.