Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

Internacional

Otan não considera mais Rússia como parceira

Agência ANSA

Altos funcionários da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) que preferiram não se identificar disseram que a aliança militar não considera mais Moscou como uma parceira. Por isso, o objetivo do encontro que começa nesta quinta-feira (4) é traçar uma estratégia de longo prazo para tornar a Europa mais segura, considerando esse novo comportamento da Rússia.    

"Olhando para trás no tempo, percebemos que [Vladimir] Putin vem preparando essa situação ao longo dos anos. Ele considera a Otan como uma adversária", afirmaram as fontes. Entre quinta e sexta-feira (5), os chefes de Estado e governo dos 28 membros da organização se reúnem no País de Gales para discutir a crise na Ucrânia.    

Desde terça (2), a Otan está realizando exercícios militares com centenas de soldados de nove países na Polônia. A aliança já demonstrou o desejo de reforçar sua presença no leste europeu para se contrapor à Rússia. Além disso, a entidade cobiça há tempos a adesão de Kiev, algo que não seria facilmente aceito por Moscou. 

Tags: crise, EUA, política, russia, ucranianos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.