Jornal do Brasil

Sábado, 23 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Obama diz que russos financiam separatistas ucranianos

Presidente dos EUA afirma que não lançará ação na Ucrânia

Jornal do Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse hoje, dia 28, em pronunciamento oficial, que a Rússia "é responsável pela violência" no leste da Ucrânia e que receberá seu homólogo ucraniano, Petro Poroshenko, em setembro.

Ele também destacou que Washington não irá "tomar ações militares" para resolver os problemas da região.

Obama concordou, em conversa com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, que Moscou financia, treina e arma as forças separatistas que atuam na fronteira.

O mandatário, que irá para Europa na semana que vem e pretende acompanhar a situação mais de perto, disse que a incursão da Rússia "vai trazer apenas mais custos e consequências" para Moscou. "O capital está deixando o país. Os investidores estão ficando de fora. A economia está em declínio", disse. 



Tags: EUA, crise, política, russia, ucranianos

Compartilhe: