Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

Internacional

Terremotos deixam mais de duas mil vítimas este mês em todo o mundo

Último tremor registrado aconteceu nos Estados Unidos; só na China mais de 500 pessoas morreram

Jornal do BrasilRafael Gonzaga*

Durante o mês de agosto, terremotos já deixaram mais de duas mil vítimas ao redor do mundo. Só na China, mais de 500 pessoas morreram vítimas de um abalo sísmico que aconteceu na província de Yunnan, sudoeste chinês, no dia 3 deste mês. Neste domingo (24), a cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, foi atingida por um tremor durante a madrugada e cerca de 90 pessoas receberam primeiros socorros em um centro médico local por conta de cortes e hematomas. Além da China e dos Estados Unidos, o Irã, o Equador, o Chile, a Venezuela e a Argélia sofreram com terremotos.

>> Terremoto atinge São Francisco e provoca danos

>> Sobe para 589 número de mortos em terremoto na China

>> Terremoto deixa ao menos 6 mortos na Argélia

O tremor deste domingo em São Francisco deixou mais de 28 mil casas sem eletricidade e a população já se prepara para a possibilidade de acontecer outro terremoto nos próximos dias, de acordo com o instituto geológico norte-americano. O terremoto de magnitude 6, que aconteceu durante a madrugada na região do Napa Valley, deixou dois feridos em estado grave.

O principal prejuízo aconteceu na China. No dia 3 de agosto a província de Yunnan, uma área montanhosa chinesa, teve um saldo de 1.300 feridos. Algumas pessoas ficaram mais de 60 horas soterradas aguardado resgate. O terremoto de magnitude 6,1 fez 589 vítimas fatais.

Na América Latina, os tremores aconteceram nos dias 12 e 13. O primeiro, um terremoto de magnitude 5,1, aconteceu na cidade de Quito, capital do Equador, e matou três pessoas, entre elas uma criança. No mesmo dia, a Venezuela registrou um terremoto de magnitude 4,6 na região da capital e da costa caribenha. Na Venezuela, o tremor não deixou vítimas ou fez estragos. Já no dia 13, foi o Chile que sofreu por conta dos abalos. Um terremoto de magnitude 5,7 na escala Richter foi registrado na cidade de Iquique, no Norte do Chile, por volta das 21h.

Outros locais que sofreram com os abalos foram a Argélia e o Irã. Na Argélia, seis pessoas morreram e outras 420 ficaram feridas. O terremoto de magnitude 5,6 aconteceu em uma região localizada ao norte de Argel, capital da Argélia. Já no Irã, um terremoto de 6,2 graus de magnitude atingiu no último dia 18 a cidade de Murmuri, próxima à fronteira com o Iraque. Cerca de 250 pessoas ficaram feridas e serviços básicos de água, telefone e eletricidade foram interrompidos.

*Do programa de estágio JB

Tags: abalos, chile, cHINA, Equador, EUA, irã, terremotos, tremores, Venezuela

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.