Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Internacional

Mais 18 imigrantes morrem em barco em Lampedusa

Agência ANSA

A ilha de Lampedusa, na Itália, foi palco de mais uma tragédia envolvendo imigrantes neste domingo (24).  Equipes da Marinha que atuam na operação "Mare Nostrum" recolheram 18 corpos de cidadãos africanos que estavam a bordo de um navio que tentava alcançar a costa européia. Outros 73 passageiros foram resgatados com vida.    

Ontem, um barco com cerca de 200 pessoas naufragou nas águas da Líbia. Aproximadamente 170 imigrantes estão desaparecidos e 20 cadáveres foram encontrados. Desde a última sexta-feira, as autoridades italianas socorreram 3,5 mil imigrantes, entre homens, mulheres e crianças, no Mediterrâneo que viajavam rumo à Europa.

O grande fluxo de embarcações contribuem para as estatísticas indicarem o ano de 2014 como o recordista em morte de imigrantes em alto mar. Desde janeiro, calcula-se que mais de 2 mil pessoas morreram tentando atravessar o Mediterrâneo. Até agora, o ano mais trágico tinha sido o de 2011, com 1,8 mil vítimas.

A ilha de Lampedusa, no sul da Itália, é um dos principais destinos de embarcações com imigrantes africanos. Diariamente as autoridades tentam resgatar os navios, que sofrem com superlotação e falta de condições sanitárias. Devido ao alto número de acidentes, no ano passado o governo italiano criou a operação "Mare Nostrum" para socorrer os barcos. (

Tags: Costa, ilha, imigrantes, italiana, Tragédia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.