Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

Internacional

Hamas teria realizado execução pública pela primeira vez em anos

Agência ANSA

O grupo terrorista Hamas teria executado publicamente ao menos sete pessoas (alguns veículos falam em 18) acusadas de colaborar com Israel, em frente à mesquita Al-Omari, em Gaza, após as orações desta sexta-feira, dia 22. A agência Al-Ray, próxima ao Hamas, informou que nos últimos dias foi instituída uma corte marcial. As sentenças seriam cumpridas com fuzilamentos.

Uma fonte ligada às Forças de Segurança do grupo, também citada pela agência, disse que o confronto com Israel "não fomentará nenhuma clemência".

Se for confirmada, esta será a primeira vez em anos que é realizada uma execução em praça pública na Faixa de Gaza. A ação teria sido motivada por ataques a líderes do grupo.

Tags: crise, guerra, israelenses, PALESTINOS, política

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.