Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

Internacional

Após pegar trem errado há 37 anos, chinesa revê os pais 

Portal Terra

Uma mulher chinesa que desapareceu há 37 anos ao pegar o trem errado para voltar para casa reencontrou seus pais, informou o Daily Mail

Jiang Ai-wu, hoje com 43 anos, tinha apenas seis quando se perdeu em sua cidade natal, na província de Hunan, e tentou encontrar o caminho para casa ao entrar em uma composição da estação local.

"Eu não tinha ideia para onde estava indo, e um trem levava a outro, e a outro e a outro. Quanto mais eu tentava chegar em casa, mais eu me distanciava", disse Jiang Ai-wu.

A criança acabou chegando a Xuzhou, uma cidade na província de Jiangsu, a cerca de 725 quilômetros de distância do local onde se perdeu, e onde passou a receber cuidados das autoridades.

"Eu sempre quis achar a minha própria família, mas eu era muito jovem e não sabia como encontrá-los. Eu não sabia nem o nosso endereço", conta.

Os pais da menina nunca desistiram de encontrá-la, assim como a filha de Jiang Ai-wu, Mei, que nunca perdeu a esperança de conhecer os avós. Mei contactou um site de pessoas desaparecidas e passou quase um ano à procura de seus parentes.

"Eu não pude acreditar quando eu recebi uma ligação e me perguntaram se eu tinha uma filha que havia se perdido", conta Yeh, de 70 anos. "Então minha pequena Ai-wu falou ao telefone e foi como se ela nunca tivesse estado longe"

"Nós temos muito tempo para recuperar e eu tenho uma enorme família para conhecer", conclui Ai-wu.

Tags: . sumiço, cHINA, familiares, menina, reencontro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.