Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Internacional

Espanha tem primeiro caso suspeito de ebola

Centro de tratamento na Libéria foi saquedo e portadores do vírus fugiram

Jornal do Brasil

Uma pessoa suspeita de ter contraído o vírus ebola foi colocada em isolamento em Alicante, na Espanha. O anúncio foi feito ontem (17) por autoridades sanitárias. É o primeiro caso suspeito da doença em território espanhol após a morte do missionário Miguel Pajares, que trabalhava na Libéria, onde contraiu o vírus.

De acordo com comunicado divulgado por autoridades sanitárias, o paciente apresenta sintomas da doença, mas o quadro clínico é estável. A confirmação da presença do vírus será feita por meio de exames, que serão divulgados na próxima semana.

Em Monróvia, capital da Libéria, cerca de 20 pacientes do centro de tratamento contra o ebola fugiram do local, depois que um grupo de homens armados invadiu o espaço. Eles roubaram diversos itens de saúde. Segundo a mídia local, o ataque ocorreu entre a noite deste sábado (16) e a madrugada deste domingo (17). O fato teria sido motivado pela rejeição de moradores da região à instalação do hospital.

>> Centro de tratamento de ebola é saqueado na Libéria

>> Quênia fechará fronteiras por causa de ebola

>> 'Teremos casos importados, mas não locais', diz infectologista sobre ebola

Em cinco meses, a epidemia de ebola declarada na África Ocidental, a mais grave desde a descoberta da doença em 1976, causou 1.145 mortos, de acordo com o último balanço da Organização Mundial da Saúde (OMS). Os países mais afetados são Libéria, Serra Leoa e Nigéria. 

A doença é transmitida por meio do contacto direto com o sangue e fluídos corporais de pessoas ou animais infetados. Ainda não foi descoberta vacina contra a doença.

* Com informações da Agência Brasil e Agência Ansa

Tags: áfrica, casos, ebola, epidemia, Europa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.