Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

Internacional

Tribunal anula pedido de prisão de Luigi Cesaro

Deputado era acusado de ter ligação com o grupo mafioso Camorra

Agência ANSA

O Tribunal de Revisão de Nápoles anulou neste sábado (16) a ordem de prisão do deputado Luigi Cesaro, do Força Itália. Cesaro era presidente da Província de Nápoles e teria, durante seu mandato, feito diversas concessões ao grupo mafioso Camorra.    

O deputado ainda não havia sido preso porque, como parlamentar, ele tem imunidade e estava aguardando uma votação no Parlamento para ver se perderia ou não o mandato. "Terminou um pesadelo, foram anos terríveis", disse Cesaro ao saber do anulação do pedido de prisão. "Sempre estive sereno e sempre tive confiança na magistratura e quando me disseram o resultado, eu fiquei comovido", acrescentou o deputado.    

A acusação da Procuradoria era de que inúmeros contratos públicos tinham sido manipulados para dar vitória nas licitações às empresas ligadas ao clã. Entre as obras suspeitas, está a construção de um centro esportivo em Lusciano. Para fazer a denúncia, os procuradores usam como base um encontro em 2004 entre Cesaro e o ex-chefe do clã Casalesi, Luigi Guida. Além do deputado, foram presas outras sete pessoas, entre os quais, dois irmãos de Cesaro

Tags: camorra, itália, luigi cesaro, máfia, Nápoles

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.