Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

Internacional

Corpo de jornalista morto em Gaza é velado na Itália

Agência ANSA

O corpo do jornalista italiano Simone Camilli, 35 anos, chegou hoje (15) à Itália e está sendo velado na catedral de Pitigliano, sua cidade natal. Camilli morreu na última quarta-feira (13) enquanto acompanhava um grupo de especialistas palestinos no desarmamento de uma bomba lançado por israelenses na Faixa de Gaza.

Muitos cidadãos de Pitigliano foram ao velório do jornalista, que é filho do prefeito da cidade. Filas enormes se formavam fora da catedral, onde o corpo está sendo velado.

O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, emitiu uma nota em que diz que a morte do jornalista deve ser um "aviso" aos dois países envolvidos no conflito. "A morte de Simone, como a das outras vítimas da explosão e da numerosa quantidade de civis de todas as idades e nacionalidades que foram envolvidos na violência do Oriente Médio, deve constituir um aviso final às duas partes do conflito e a todos nós. É preciso se empenhar mais para um imediato e definitivo cessar-fogo", disse o mandatário italiano.

Camilli era experiente em cobertura de guerras e trabalhava para diversas agências de notícias internacionais. 

Tags: crise, Israel, italiano, morte, palestino

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.