Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Internacional

Viagem do Papa pode ajudar Coreias, afirma Parolin

Agência ANSA

O secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin, afirmou nesta terça-feira (12) que a viagem do papa Francisco à Coreia do Sul, entre os dias 14 e 18 de agosto, vai ajudar a abrir espaço para o diálogo com a Coreia do Norte.    

"Essa sempre foi a grande esperança da Santa Sé, que se empenhou concretamente nessa direção. É uma constatação mais do que óbvia que a península está ainda envolta em muitas tensões e que precisa de paz", declarou o religioso.    Segundo Parolin, a visita do Pontífice auxiliará na continuação dessa "obra de solidariedade", uma vez que ele reiterou diversas vezes que apenas por meio da comunicação será possível resolver os problemas entre os dois países. No entanto, de acordo com o secretário, a viagem não tem somente como objetivo promover a paz.    

A ida do Papa à Coreia do Sul marca a sua primeira passagem pelo extremo oriente, uma zona do mundo que ganha cada vez mais relevância política e econômica. Outro motivo é a VI Jornada Asiática da Juventude, que acontece entre 13 e 18 de agosto, em Daejeon, e terá a participação de Jorge Bergoglio. 

Tags: Coreia, Francisco, unificação, vaticano, visita

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.