Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

Internacional

Rússia: Cruz Vermelha levará comboio humanitário a cidades ucranianas

Agência Brasil

Com o veto do governo ucraniano à passagem de tropas russas pelo país, a Rússia anunciou hoje (12) que a entrada do comboio humanitário na Ucrânia será feita por meio da Cruz Vermelha Internacional. Os mantimentos serão levados pelos russos até um posto fronteiriço perto da cidade russa de Shebekino e, a partir desse momento, a carga ficará sob controle da organização humanitária.

A informação foi divulgada hoje (12) pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros russo em um comunicado oficial. “Depois de cruzar a fronteira russo-ucraniana, a coluna ficará sob supervisão da Cruz Vermelha Internacional”, diz trecho do documento.

Até agora, o governo russo assegura que a entrega da ajuda humanitária – alimentos, medicamentos e equipamentos elétricos – para as populações de Donetsk e Lugansk foi acordada com a Cruz Vermelha e com as autoridades ucranianas. O governo ucraniano e a Cruz Vermelha, no entanto, negam a informação.

O comunicado russo faz referência à “surpresa” de Moscou com declarações ucranianas “sobre uma suposta falta de acordo sobre a rota do comboio e todas as novas exigências logísticas”, e afirma que Moscou “cedeu a todos os desejos da parte ucraniana”, desde “a rota à revisão da carga”.

Segundo o comunicado, o comboio é composto por 262 caminhões que transportam nomeadamente 400 toneladas de cereais, 100 toneladas de açúcar, 62 toneladas de alimentos para bebês, 54 toneladas de medicamentos, 12 mil sacos de dormir e 69 geradores elétricos de diferentes potências.

Segundo as agências russas, o comboio deverá parar hoje à noite na região russa de Voronezh, seguindo viagem amanhã (13).

Tags: comida, crise, EUA, russos, ucranianos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.