Jornal do Brasil

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

Internacional

Pai faz apelo por jovem italiana raptada na Síria

Agência ANSA

Salvatore Marzullo, pai de Vanessa Marzullo, uma das duas jovens italianas que foram sequestradas na Síria, fez um apelo para os raptores libertarem sua filha, já que ela foi ao país árabe para "realizar o bem". "Quem fez de Vanessa e Greta [Ramelli, a outra vítima] prisioneiras deve se lembrar o que elas estavam fazendo lá. Elas queriam o bem, e seria um drama se alguém retribuísse com o mal", declarou ele, em entrevista à revista semanal "Oggi".    

Vanessa e Greta são fundadoras do projeto "Horryaty", que promove ações humanitárias nos setores sanitário e hídrico. As jovens haviam chegado à Síria no final de julho e foram atacadas na casa onde estavam, em um vilarejo nos arredores de Aleppo, cidade que é palco de intensas disputas entre rebeldes e as forças do governo de Bashar al Assad pelo seu controle.    

Salvatore também repudiou as críticas de que sua filha e a amiga teriam ido ao país apenas para tirar selfies e fazer turismo humanitário, sem levar em consideração os perigos da região. "Elas não são duas garotinhas superficiais. Me fez mal ler e escutar comentários de pessoas que as descreveram assim. Ela é uma jovem profunda, que se identifica com o sofrimento dos outros e não consegue ficar de braços cruzados", acrescentou. 

Tags: italianas, mulheres, rebeldes, SEQUESTRO, sírios

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.