Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Internacional

Ministério da Saúde da Nigéria confirma décimo caso de ebola no país

Agência Brasil

O Ministério da Saúde da Nigéria confirmou hoje (11) mais um caso de infecção pelo vírus do ebola no país. O registrado foi feito em Lagos, maior cidade nigeriana e da África Ocidental. Com isso, chega a dez o número de casos da doença identificados na Nigéria, onde duas pessoas já morreram.

A décima vítima, uma enfermeira, teve contato com uma das pessoas que morreram em decorrência da doença – o liberiano/norte-americano Patrick Sawyer, que morreu de febre hemorrágica num hospital de Lagos, no dia 25 de julho. A enfermeira e o marido dela estão em observação médica. Sawyer é considerado o "caso primário" de ebola na Nigéria. Na semana passada, outra enfermeira que também teve contato com Sawyer morreu em consequência de complicações da doença.

Outro país africano, Ruanda, também confirmou que um estudante alemão está internado em Kigali, com sintomas da doença. Este é o primeiro caso suspeito de ebola identificado em Ruanda desde o início do atual surto na África Ocidental.

Já Costa do Marfim suspendeu hoje todos os voos para países afetados pela epidemia da doença e proibiu todas as empresas de transportar passageiros desses países para Abidjan.

Desde o início do ano, o surto de ebola causou pelo menos 932 mortos em 1.700 casos suspeitos em quatro países da África Ocidental: Guiné, Libéria, Serra Leoa e Nigéria.

Na sexta-feira, a Organização Mundial da Saúde decretou situação de "emergência de saúde pública de alcance mundial".

Tags: áfrica, doença, ebola, enfermeira, infecção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.