Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Internacional

Kiev e Moscou entram em acordo para ajuda humanitária

Agência ANSA

Moscou e Kiev chegaram a um acordo nesta segunda-feira (11) para enviar uma missão humanitária ao leste da Ucrânia sob o comando da Cruz Vermelha internacional, segundo o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, que foi citado pela agência Itar-Tass.    

"Posso dizer com otimismo cauteloso que foram removidos todos os obstáculos possíveis e impossíveis. Espero que essa intervenção humanitária aconteça rapidamente", declarou o chanceler, que expressou seu desejo de que os "parceiros ocidentais" não bloqueiem as estradas e pensem "nas pessoas que precisam urgentemente que o fornecimento de energia elétrica e água seja restaurado".    

Desde o último mês de abril, a parte oriental da Ucrânia é palco de uma guerra entre as tropas oficiais e rebeldes separatistas pró-Moscou que já deixou mais de 1,5 mil mortos. Nesta segunda, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, alertou o seu colega russo, Vladimir Putin, para não promover ações militares unilaterais no leste do país vizinho.    

Em uma conversa por telefone, o português ainda lamentou as sanções impostas pela União Europeia, mas disse reservar-se o direito de adotar "medidas apropriadas" para evitar que o conflito se agrave. 

Tags: crise, EUA, política, russia, ucranianos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.