Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Internacional

Pai de jovem italiana sequestrada diz crer na Justiça e em Deus

Agência ANSA

Salvatore Marzullo, pai de Vanessa Marzullo, uma das duas jovens italianas que foram sequestradas na Síria, disse nesta quinta-feira (7) que acredita na Justiça e em Deus para ter a sua filha de volta. Em uma entrevista ao jornal "La Repubblica", o homem também descreveu sua herdeira como uma pessoa movida mais pelo coração do que pela cabeça.    

"Ela partiu para a Síria muito entusiasmada para auxiliar as crianças necessitadas. Ela não tinha outro objetivo que não fosse ajudar quem sofre. Eu falava com ela dia sim, dia não. As duas foram sozinhas porque elas são assim, tão movidas pelo coração que não usam a cabeça em suas vidas", declarou Salvatore.    

A outra jovem sequestrada é Greta Ramelli. Ambas fundaram o projeto "Horryaty", que promove ações humanitárias nos setores sanitário e hídrico. Elas haviam chegado ao país árabe no final de julho e teriam sido atacadas na casa onde estavam, em um vilarejo nos arredores de Aleppo, norte da Síria.    

O último acesso de Vanessa, que tem 21 anos, no WhatsApp, aplicativo usado para se comunicar com sua família, ocorreu no dia 31 de julho. Desde então, seus parentes e amigos não tiveram mais contato com ela, que teria sido raptada com Greta na noite seguinte.

Tags: família, italianas, mulheres, SEQUESTRO, síria

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.