Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Internacional

Equipes encontram crânio no Costa Concordia

Agência ANSA

As autoridades italianas anunciaram nesta quarta-feira (6) terem encontrado um crânio dentro do navio Costa Concordia, naufragado em janeiro de 2012, na ilha de Giglio. Os restos foram entregues à Justiça, sob ordem do procurador de Gênova, Federico Manotti. 

Serão feitos exames de DNA para descobrir se o crânio pertence a Maria Grazia Trecarichi, cujo corpo foi encontrado em setembro do ano passado, ou a Russel Rebello, que permanece desaparecido. Familiares das duas vítimas já foram notificados da descoberta.    

A peça foi achada por mergulhadores do Corpo de Bombeiros da Itália sobre a Ponte 3 do navio. O Costa Concordia naufragou após colidir com rochas na ilha de Giglio, provocando a morte de 32 pessoas. Apenas o corpo de Rebello ainda não foi encontrado. A embarcação tombou e ficou encalhada no local até o mês passado, quando uma complexa operação permitiu seu reboque até o porto de Gênova. Agora, as autoridades estão fazendo buscas por restos mortais das vítimas. 

Tags: capitão, Costa, itália, naufrágio, Navio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.