Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Internacional

Mais uma menina é estuprada e morta na Índia

Agência ANSA

Uma menina de 11 anos foi estuprada, morta e seu corpo foi abandonado em um campo de Gurgaon, uma cidade-satélite de Nova Délhi, informou a mídia local. A menina era de uma família de lavadeiras e estava desaparecida desde domingo (03). Ela saiu de casa para comprar pão em uma padaria a cerca de 500 metros de sua casa e não retornou.

Os investigadores encontraram seu corpo com sinais de violência sexual, ato feito por vários homens, e marcas de estrangulamento.

Segundo uma das hipóteses, os estupradores a levaram para um carro e, depois de violentá-la, deixaram o corpo em um terreno usado como estacionamento de ônibus. A área é frequentada por pessoas drogadas. Um dos familiares contou que "nós a procuramos no mesmo local por volta das 2 horas da manhã, mas ela não estava lá".

Na semana passada, a mesma região enfrentou outro caso de estupro chocante. Uma menina de dois anos foi raptada e violentada por um desconhecido que morava em um cortiço local.

Outra região que sofre constantemente com o problema de estupros, Uttar Pradesh, no norte do país, viu violentos protestos após uma professora de 20 anos ter sido estuprada e obrigada a se converter ao islamismo, informou a NDTV.

Ela foi presa no instituto religioso em que lecionava por vários dias, sendo violentada por vários homens após ter sido obrigada a se converter. A família da vítima denunciou o chefe do vilarejo, Nawab Khan, um religioso muçulmano, sua mulher e sua filha por sequestro e violência sexual. E os três foram presos pela polícia.

O caso gerou revolta entre os moradores e provocou ataques da comunidade às casas e lojas dos muçulmanos que moram na região. A polícia precisou intervir para garantir a segurança dos moradores. 

Tags: . sexuais, abusos, indiana, menina, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.