Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Internacional

Em um ano, imigração na Itália cresce 3%

Agência ANSA

A Itália possui 3.874.726 de cidadãos estrangeiros que não fazem parte da comunidade europeia. Segundo o Instituto Nacional de Estatística italiano (ISTAT), houve um crescimento de 3% entre 2013 e 2014, ou seja, 110 mil pessoas a mais em um ano.    

O Marrocos é o país de onde vem a maioria dos imigrantes, com 45,1%. São 524.775 marroquinos no país. Os albaneses estão em segundo, com 502.546 mil pessoas. China, Ucrânia e Filipinas completam a lista dos cinco países que mais possuem imigrantes na Itália. Crianças constituem 23,9% entre os imigrantes.    

Outro dado fornecido pelo ISTAT mostra que 146 mil vistos não foram renovados. A maior parte, 42,9%, foram vistos de trabalho. Vistos de família não renovados foram 25,2%. Além de outros 17% de vistos para estudos que perderam a validade. Em 7,4% dos casos de vistos vencidos, haviam sido emitidos por motivo de asilo ou causas humanitárias.    

Nos casos de obtenção de cidadania a cidadãos fora da zona européia, o casamento é a principal via de acesso. Neste caso, 47% das cidadanias emitidas foram para mulheres e 11,2% destinadas a homens. 

Tags: barco, ilegais, imigrantes, líbios, mortes

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.