Jornal do Brasil

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Economia

Argentina pedirá afastamento de mediador do 'calote', em NY

País considera atuação de Daniel Pollack "parcial"

Agência ANSA

 O governo argentino está preparando uma bateria de medidas judiciais para tentar resolver o caso dos fundo abutres, entre elas um pedido oficial de remoção do mediador Daniel Pollack, cuja atuação tem sido considerada "parcial" pela Casa Rosada. 

>>“Argentina azarada”, diz The Economist

>>Mantega classifica de 'impasse' situação da Argentina com fundos abutres

 Pollack foi indicado ao posto pelo tribunal de Nova York, no qual atua o juiz Thomas Griesa, que havia estipulado o prazo do dia 31 de julho para que a Argentina pagasse seus credores. "Mais que um mediador, Pollack está vestindo a camisa dos fundos abutres, pois não pede nada, nem que as condições impostas sejam revistas", disse o vice-ministro da Economia da Argentina, Emmanuel Álvarez Agis, citado pelos jornais locais.Autor

 De acordo com ele, a Argentina deve apresentar ainda nesta segunda-feira (4) um pedido formal a Griesa para a remoção do mediador. A própria presidente Cristina Kirchner já criticou o mediador em um comunicado emitido após a última reunião de negociação com os fundos abutres. Hoje, a mandatária deve fazer um novo pronunciamento por volta das 18h30 locais. 

Tags: abutres, Argentina, calote, default, mediador, pollack

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.