Jornal do Brasil

Sábado, 22 de Novembro de 2014

Internacional

Papa irá visitar maior cemitério militar da Itália

Agência ANSA

O papa Francisco irá visitar no dia 13 de setembro o Sacrário Militar de Redipuglia, localizado na cidade de Gorizia e maior cemitério de soldados da Itália. O Sacrário Militar de Redipuglia abriga os restos de 14.550 militares e a visita do Papa será em ocasião dos 100 anos do início da Primeira Guerra Mundial.     

O Pontífice deverá chegar ao aeroporto em Gorizia em torno das 8h50 do horário local (3h50 no horário de Brasília). Depois, irá de carro ao Cemitério austro-húngaro de Fogliano di Redipuglia, onde rezará em frente ao monumento central, a grande tumba onde descansam os corpos de 7 mil soldados desconhecidos.     

Logo depois, o Papa chegará ao Sacrário Militar de Redipuglia, onde celebrará a missa em homenagem a todos os mortos nos conflitos da Primeira Guerra Mundial. No local, Francisco estará escoltado pelo monsenhor Santo Marcianò, que celebrará com outros bispos da região a missa presidida pelo Pontífice.     

Em torno das 11h30 o Papa deixará o Sacrário e deverá se dirigir ao aeroporto. Seu helicóptero deverá decolar ao meio dia e a chegada em Roma está prevista para as 12h50.     

No último dia 6 de junho, papa Francisco anunciou que faria esta visita ao o Sacrário Militar de Redipuglia. Ele afirmou que gostaria de "rezar pelos mortos em todas as guerras". "A ocasião é o centenário da enorme tragédia que foi a Primeira Guerra Mundial, de onde ouvi tantas histórias dolorosas dos lábios de meu avô", afirmou Francisco.

Tags: cemitério, Francisco, roma, vaticano, visitas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.