Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Internacional

Vice-premier turco diz que mulheres não podem 'rir'

Agência ANSA

 Centenas de pessoas protestaram nas redes sociais contra a declaração do vice-primeiro-ministro da Turquia, Bulent Arinc, de que é "pecado" as mulheres rirem em público. Em resposta, mulheres turcas publicaram em seus perfis no Facebook e Twitter fotos sorrindo durante eventos sociais. 

A maioria que protestou usa roupas ocidentais e deixa o cabelo descoberto. De acordo com o jornal local "Hurriyet", Arinc, braço direito do premier Recep Tayyip Erdogan, disse na última segunda-feira (28) que "a mulher sabe o que é pecado e o que não é". "Ela não rirá em público. Não terá comportamento sedutor e protegerá sua castidade", comentou. A Turquia tem uma população de 74,9 milhões de habitantes, sendo que 97,4% deles são seguidores do Islã. (ANSA)

Tags: bulent arinc, censura, mulher, riso, turquia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.