Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Internacional

MH17: avião caiu após descompressão causada por 'forte explosão'

Agência ANSA

 Uma "descompressão", causada por uma "forte explosão", teria provocado a queda do vôo MH17, da Malaysia Airlines, na Ucrânia, com 298 pessoas a bordo, de acordo com um trecho da investigação divulgado nesta segunda-feira (28) pelo Conselho Nacional de Segurança e Defesa de Kiev. "Segundo os especialistas do comitê encarregado pela investigação, a causa da explosão do avião é uma descompressão ligada a uma forte explosão", publicou o conselho em seu perfil no Twitter. 

No entanto, o comitê holandês para a investigação do acidente, chamado de "OVV", se recusou a comentar a notícia. "Nós preferimos esperar para ter uma ideia completa do que aconteceu, em vez de publicar fragmentos de informação", disse um porta-voz do grupo. A Holanda está envolvida nas investigações por ser o país com o maior número de vítimas no acidente: 192. Na semana passada, as caixas pretas da aeronave chegaram a Londres, já que a Grã-Bretanha está responsável por recuperar o conteúdo dos aparelhos e repassar para especialistas internacionais, que farão as análises. 

O avião da Malaysia Airlines caiu no último dia 17 de julho, enquanto fazia a rota Amsterdã - Kuala Lumpur. Indícios apontam que o Boeing 777 foi abatido por um míssil. Porém, até o momento, não se sabe de onde o míssil teria partido. A Ucrânia e os rebeldes separatistas pró-russos trocam acusações. (ANSA)

Tags: Explosão, malasia, míssil, queda, voo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.