Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Internacional

NYT faz duras críticas a postura das relações internacionais de Obama

‘o presidente mais provinciano dos EUA n o último século’, diz jornal

Jornal do Brasil

Com o título ‘o presidente mais provinciano dos EUA n o último século’, o The New York Times publicou uma reportagem nesta quinta-feira (25) sobre o posicionamento internacional americano visto as crises na Rússia e no Oriente Médio.

“Enquanto o mundo queima, o presidente passou esta semana mexendo na captação de recursos nas salas de cinco gatos gordos do Partido Democrata, em Seattle, San Francisco e Los Angeles” satiriza o jornal.

“Alarmado? Quem está alarmado?” continua o NYT, lembrando a queda do avião da Malásia Airlines Flight, na Ucrânia, que supostamente foi abatido por rebeldes pró-russos. Lembraram também de Israel e Hamas, que “iniciaram sua luta mortal”, logo depois que o Estado Islâmico do Iraque e o AL-Sham ocuparam o Iraque por três dias. Durante a ocupação, cristãos fugiram da segunda maior cidade do país, Mosul, perseguidos pelo grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ou do Iraque e Síria), conhecido como Eill ou Isis.

O jornal diz que “se a cobertura de notícias definisse a realidade, você acharia que a guerra civil na Síria acabou”. Eles dizem que não há espaço na mídia para tudo que acontece, como que “os fanáticos homicidas do islâmico Boko Haram” em breve poderão comandar a Nigéria, assim como a Isis no Iraque. Na semana passada, os sequestradores de mulheres mataram a tiros mais 44 nigerianos.  

O jornal criticou a posição de Obama em dizer que as sanções à Rússia vão aumentar se ela “continuar a violar a soberania da Ucrânia” e pontua “fazer algo pior do que derrubar uma sessão de jato de passageiros do céu?” 

Tags: boko haram, internacional, Israel, mosul, nyt, Obama, russia, UCRÂNIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.