Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Internacional

Varsóvia é condenada por ajudar CIA em torturas

Agência ANSA

A Corte Europeia dos Direitos Humanos condenou a Polônia nesta quinta-feira (24) por ter colaborado com a CIA nas operações de captura, transferência e detenção ilegal de dois supostos terroristas, Al Nashiri e Abu Zubaydah.    

Segundo o tribunal, Varsóvia sabia que os alvos da inteligência norte-americana, agora detidos em Guantánamo, tinham sido submetidos a torturas e maus-tratos enquanto estavam em solo polonês e que isso se repetiria quando fossem levados para o cárcere localizado na ilha de Cuba.    

Por conta da decisão, o governo do país europeu terá que pagar 230 mil euros (R$ 690 mil) para os suspeitos. No entanto, a Polônia tem ainda três meses para entrar com um recurso. Os dois homens que foram torturados recorreram ao tribunal separadamente. A primeira denúncia foi apresentada pelo saudita Abd Al Rahim Al Nashiri, em 2011, e a outra, do palestino Zayn Al Abidin Muhammad Husayn, mais conhecido como Abu Zubaydah, chegou em 2013.    

Segundo os Estados Unidos, Al Nashiri teria sido o autor do atentado contra o navio USS Cole, em 2000, e teria participado do ataque ao petroleiro francês MV Limburg, em 2002, ambos na costa do Iêmen. Já Abu Zubaydah é considerado um dos nomes fortes da Al Qaeda e teria envolvimento nos atentados de 11 de setembro de 2001.

Tags: . condenação, . eua, . polônia, cia, espião

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.