Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Internacional

UE amplia sanções a indivíduos e empresas pró-Rússia

Agência ANSA

Uma semana depois da suposta derrubada de um Boeing 777 da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia, a União Europeia confirmou a aplicação de sanções econômicas contra mais 15 indivíduos e 18 empresas ligados aos rebeldes separatistas pró-Rússia.    

As pessoas e companhias afetadas pela medida tiveram bens congelados e foram proibidas de entrar nos 28 países que fazem parte do bloco. Com isso, o total de indivíduos e sociedades punidos subiu para 87 e 20, respectivamente. As sanções da UE começaram a ser aplicadas em março, em meio ao processo de anexação da ex-península ucraniana da Crimeia por Moscou.    

Além disso, a União Europeia estaria pronta para colocar nessa lista até os oligarcas mais próximos ao presidente Vladimir Putin, incluindo proprietários de clubes de futebol. 

Tags: avião, crise, derrubada, malaysia, ucranianos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.