Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Internacional

Franceses podem ser maioria em voo da Air Algerie

Agência ANSA

O ministro do Transporte da França, Frédéric Cuvillier, afirmou que muitos cidadãos do país podem estar no voo AH5017, da companhia espanhola Swiftair e operado pela Air Algerie. A aeronave perdeu contato nesta quinta-feira (24) com as torres de comando e pode ter caído em uma região do Níger com 116 pessoas a bordo. A França criou uma unidade de crise para acompanhar o caso.

    Acredita-se que 50 franceses estavam no avião. A empresa Swiftair, proprietária da aeronave, confirmou, por sua vez, que os seis tripulantes têm nacionalidade espanhola. São dois pilotos e quatro assistentes de voos. A companhia Air Algérie havia anunciou a perda de contato com uma de suas aeronaves após 50 minutos de decolagem do aeroporto de Uagadugu, capital de Burkina Faso. O voo AH5017 tinha como destino final a capital de Argel, na Argélia.

    O avião partiu às 1h17 locais (22h17 no horário de Brasília) e deveria ter pousado na Argélia às 5h10, o que não aconteceu. Fundada em 1986, com um frota de 40 aviões e 400 funcionários, a Swiftair opera voos regulares de passageiros e cargas na Europa, África, Oriente Médio e América Central. (ANSA)

Tags: áfrica, algerie, avião, queda, voo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.