Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Internacional

Obama pede acesso à área onde avião foi abatido na Ucrânia

Agência ANSA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, exigiu o acesso imediato de especialistas à área onde foi abatido o avião da Malaysia Airlines na semana passada, deixando quase 300 vítimas.    

"Investigadores internacionais estão no local, eles estão preparados para conduzir a situação com os protocolos certos, para coletar evidências. Eles precisam de acesso imediato e total ao local, para fazer uma investigação completa e transparente", disse o mandatário norte-americano em pronunciamento realizado na Casa Branca.    

De acordo com Obama, forças russas "impediram o acesso ao local" e quando as equipes tentam se aproximar, eles disparam para o ar. "Estão removendo evidências do local. O que estão tentando esconder?", questionou o presidente. "Estão retirando corpos do local, muitas vezes sem o cuidado que normalmente esperamos. É um insulto para quem perdeu alguém", concluiu.    

O voo MH 17 da Malaysia Airlines foi abatido na última quinta-feira quando sobrevoava território ucraniano tomado por forças separatistas, que têm o apoio de Moscou. Todas as 298 pessoas a bordo da aeronave morreram.    

Tags: EUA, queda, russos, ucranianos, voo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.