Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

Internacional

Ofensiva terrestre em Gaza já deixou mais de 50 mortos

Agência ANSA

Pelo menos 51 pessoas foram mortas na Faixa de Gaza durante a ofensiva terrestre lançada na noite de quinta-feira (17) por Israel, fazendo com que o número total de vítimas palestinas desde o começo da operação "Margem Protetora", em 7 de julho, subisse para 292.    

Somente no início da noite desta sexta (18), 15 indivíduos morreram, sendo que cinco deles eram da mesma família, incluindo duas mulheres e uma criança. O grupo foi atingido dentro de uma casa em Beit Hanoun, nordeste da Faixa, por disparos efetuados por tanques israelenses.    

Além disso, dois meninos, de quatro e sete anos, foram mortos durante um bombardeio em Shejaiyah, à leste da Cidade de Gaza. Um soldado israelense também perdeu a vida durante a invasão, atingido por fogo amigo.    

Por conta da escalada da tensão na Palestina, o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, viajará neste sábado (19) para o Oriente Médio. Mais cedo, ele já havia lançado um pedido pela paralisação imediata das hostilidades e dito que Israel precisa fazer muito mais para interromper o assassinato de civis.    

A ofensiva por terra tem como principal objetivo a destruição de túneis que permitem aos membros do Hamas entrar no país para realizar ataques. Até o momento, 13 deles foram descobertos. A iniciativa faz parte da operação "Margem Protetora", que foi deflagrada para combater o grupo fundamentalista, após a morte de três jovens seminaristas judeus na Cisjordânia.

Tags: Gaza, guerra, israelenses, mortes, PALESTINOS

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.