Jornal do Brasil

Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014

Internacional

Navio Costa Concordia atinge 4 metros de flutuação

Embarcação precisa flutuar a 18 metros para ser rebocada

Agência ANSA

O navio Costa Concordia atingiu nesta sexta-feira (18) o nível de quatro metros de flutuação, como parte da operação que retirará a embarcação naufragada das águas da ilha de Giglio, na Itália. O barco precisa ser erguido em 18 metros para que flutue normalmente. Por isso, os técnicos italianos ainda trabalham no local para erguê-lo em mais 14 metros. A previsão é de que a embarcação esteja pronta para ser rebocada até a próxima terça-feira (22). A fase final da operação para retirar o Costa Concordia das águas começou no início da semana e diz respeito à flutuação do navio, que, no momento do acidente, inclinou-se e atolou em um banco de areia na costa italiana.    

Após flutuar completamente, o navio será deslocado por cerca de 30 metros dentro do mar, em uma área mais profunda, para então ser removido das águas com o auxílio de rebocadores. Em seguida, o Costa Concordia será levado para o porto de Gênova, onde será desmontado (fase que pode durar até 22 meses). 

O Costa Concordia naufragou na ilha de Giglio em 13 de janeiro de 2012, causando a morte de 32 pessoas. A primeira fase da operação para retirá-lo do mar, considerada inédita no mundo, foi iniciada no ano passado, com o trabalho de 500 funcionários técnicos.

Tags: costa concordia, ilha de giglio, itália, naufrágio, Navio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.