Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Internacional

Exército e agentes do estado reforçam a segurança durante reunião do Brics

Agência Brasil

Chefes de estado dos cinco países que compõem o Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) já estão em Fortaleza para participar da 6ª reunião de Cúpula do bloco, que começa hoje (15) na capital do Ceará. A segurança do evento está reforçada por cerca de 2,3 mil militares da Marinha, do Exército e da Força Aérea Brasileira, em conjunto com agentes de órgãos de segurança pública federais, estaduais e municipais.

O acesso ao Centro de Eventos do Ceará, onde está sendo realizado o evento, só é permitido para veículos credenciados. A Secretaria da Segurança Pública do estado faz a segurança nas rotas, nos locais de hospedagem, escoltas, checagens do local do evento, de pessoal e viaturas, além da segurança do ambiente externo do local do encontro.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Ceará, 4,4 mil agentes estão trabalhando no evento, incluindo membros da Polícia Militar, Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Militar e da Perícia Forense. Outras forças parceiras também reforçam as ações de segurança durante a reunião do Brics, como Agência Brasileira de Inteligência, Polícia Federal, e Polícia Rodoviária Federal. As ações são integradas pelo Centro Integrado de Comando e Controle Regional, para onde as informações e imagens captadas na cidade são enviadas em tempo real.

Ontem (14) empresários, ministros e presidentes de bancos centrais debateram as relações econômicas entre os países do Brics. Hoje, os chefes de Estado dos cinco países vão deliberar sobre a criação do novo banco de desenvolvimento do bloco e de um fundo de reservas para os países do bloco. Amanhã (16), em Brasília, acontece uma reunião de trabalho entre os mandatários dos países do Brics e chefes de estado e de governo da América do Sul.

Tags: brasil, Brics, CÚPULA, Fortaleza, segurança

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.