Jornal do Brasil

Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Internacional

Alemães dizem que amizade com os EUA está mantida

Porta-voz de Merkel afirmou que espionagem não abala relação

Agência ANSA

O porta-voz da chanceler Angela Merkel, Steffen Seibert, declarou hoje (11) que a relação com os Estados Unidos não foi abalada por culpa do Datagate. "A amizade com os Estados Unidos não está em discussão. A nossa colaboração com os serviços [de segurança] são mais amplos e profundos", disse Seibert.    

Já o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores do país, Martin Schaer, afirmou que "o nosso relacionamento deve ser baseado no respeito recíproco e na confiança" e que "Berlim quer renovar e reviver o relacionamento com Washington".    

O caso chamado de Datagate refere-se às espionagens da Agência Nacional de Segurança (NSA) norte-americana contra Merkel. Com as denúncias de Edward Snowden, o Parlamento alemão criou uma comissão para investigar a suposta espionagem. Porém, foi descoberto que um espião alemão estaria infiltrado no grupo que analisa o caso e que ele teria vendido informações aos EUA.    Ontem (10), o governo alemão confirmou a expulsão do chefe do serviço secreto norte-americano que tinha como base Berlim.    

Para explicar os motivos dessa expulsão, o ministro de Relações Exteriores, Frank Walter Steinmeier, encontrará neste final de semana o seu homólogo norte-americano, John Kerry em Viena. 

Tags: alemães, chanceler, crise, espião, EUA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.