Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Internacional

Exames apontam que o jovem palestino foi queimado vivo

Agência ANSA

O resultado de uma autópsia preliminar indica que Khdeir Abu Mohammad, jovem palestino de 16 anos sequestrado e morto recentemente em em uma suposta represália israelense, foi queimado vivo.

Informação foi divulgada pela agência de notícias palestina Maan, citando o procurador geral palestino Muhammad Abd al-Ghani Uweili. Ainda de acordo com ele, a autópsia mostra fuligem nos pulmões do menino e nas vias respiratórias, o que significa que ele foi queimado vivo.

 O corpo também mostra um ferimento na cabeça, mas a morte foi causada pelo fogo. Resultados finais da autópsia, acrescentou Uweili, serão conhecidos mais tarde.

O garoto foi sequestrado dias após o Exército israelense começar a atacar territórios palestinos na tentativa de encontrar os autores do assassinato de outros três jovens israelenses.

Testemunhas dizem ter visto o rapaz sendo forçado a entrar em um carro e, horas depois, seu corpo foi encontrado perto de um bosque. (ANSA)

Tags: autópsia, exército, israelense, palestina, sequestrado

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.