Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Julho de 2014

Internacional

Papa lamenta morte de jovens israelenses

Agência ANSA

O assassinato de três jovens israelenses sequestrados em 12 de junho é uma "terrível e trágica notícia", um "crime condenável e inaceitável", disse o porta-voz do vaticano, padre Federico Lombardi. De acordo com ele, o "papa Francisco se une na dor indescritível das famílias afetadas".     Os corpos dos três jovens israelenses foram encontrados nas proximidades de Hebron, na Cisjordânia, em meio a operações de busca, informaram hoje, dia 30, fontes do Exército de Israel.     

Naftali Fraenkel, de 16 anos, Gil-ad Shaar, de 16 anos, e Eyal Yifrach, de 19 anos, desapareceram no dia 12 de junho. Eles frequentavam uma escola rabínica localizada perto de uma colônia na Cisjordânia.    

Os corpos foram encontrados em uma fossa rasa. As famílias dos três rapazes reconheceram seus corpos pelas roupas que usavam, informou a imprensa local.    

"O que mais temíamos tragicamente aconteceu", disse o presidente eleito de Israel, Reuven Rivlin.    

O vice-ministro de Defesa de Israel, Danu Danon, declarou que "o fim trágico dos três jovens deve ser também o fim do Hamas". "É necessária uma operação que dê ao Hamas um golpe mortal. Devemos erradicar o terrorismo ... Demolir as casas dos assassinos, destruir seus depósitos de armas, bloquear os financiamentos", acrescentou.    

As sessões no Parlamento israelense, o Knesset, foram canceladas. Confrontos estão sendo registrados em Hebron. O Exército israelense bloqueou a área das buscas, em Halchlul.    

As forças israelenses buscam os dois milicianos do Hamas considerados responsáveis pelo sequestro, informaram representantes do Exército israelenses. Soldados invadiram a casa de ambos.    

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse que "o Hamas é responsável e o Hamas pagará" por ter "ter sequestrado e assassinado a sangue frio" os jovens.    

Desde o início das ações de buscas, chamada de Operação Guardião do meu Irmão, mais de 400 palestinos, em sua maioria envolvidos com o Hamas, foram presos.

Tags: adolescentes, Corpos, hebron, morte, papa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.