Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

Internacional

Colômbia exige retratação de jornalistas australianos por "brincadeira"

Agência Brasil

O Ministério de Relações Exteriores da Colômbia pediu hoje (24) retratação formal de jornalistas da emissora australiana Triple M, que fizeram comentários ofensivos vinculando os jogadores da seleção colombiana ao uso de cocaína.

No programa The One Percenters, os apresentadores disseram que os atletas, “ao invés de tomar café, usavam cocaína de manhã”. No comunicado oficial, a chancelaria pediu que fosse feito um pedido de desculpas, além de sanções aos responsáveis. Na "brincadeira", que foi ao ar quarta-feira passada (18), os apresentadores Matt Tilley e Joe Hildebrand disseram que a cocaína era consumida no lugar do café por ser o “produto nacional colombiano”.  Os comentários provocaram protestos tanto na Colômbia quanto de colombianos residentes na Austrália, veiculados principalmente nas redes sociais e na imprensa local. Entretanto, a Colômbia é também grande produtora mundial de café.

No comunicado enviado ao governo australiano, a Colômbia lembra que a legislação australiana proíbe “expressamente incitar o ódio, depreciar e ridicularizar qualquer pessoa ou grupo de pessoas por causa da idade, origem étnica, nacionalidade, gênero, preferências sexuais ou religião”. Os argumentos foram retirados da Lei de Discriminação Racial da Austrália, de 1975.

A chancelaria colombiana disse ainda que os comentários ofenderam seriamente “um país que tem liderado a luta contra as drogas e que sente orgulho do reconhecimento internacional obtido com esta luta”. A Colômbia já não é o maior produtor de cocaína no mundo, embora esteja entre os três maiores. O país conseguiu reduzir a área plantada de coca graças a um programa de combate ao narcotráfico que tem apoio financeiro e logístico dos Estados Unidos.

É a segunda vez que comentários que associam a seleção colombiana à cocaína causam mal-estar no país nesta Copa do Mundo. Também na semana passada, a apresentadora holandesa Nicolette van Dam renunciou ao cargo de embaixadora do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), por ter publicado uma fotomontagem falsa em sua conta no Twitter, com os jogadores colombianos Falcao García e James Rodríguez aspirando cocaína em um campo de futebol.

Tags: colombianos, crise, diplomacia, drogas, mediação, política

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.