Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Internacional

Sudão ordena libertação de cristã condenada à morte

Agência ANSA

O Tribunal do Sudão ordenou a liberação da mulher condenada à morte por ser cristã. A informação foi divulgada por Khalid Omer Yousif, presidente da ONG Sudan Chance Now. 

O caso de Meriam Yehya Ibrahim Ishag, 27 anos, teve grande repercussão mundial. Ela foi presa enquanto estava grávida e deu à luz a uma menina na prisão. A mulher foi acusada de "deserção da fé", já que é cristã e seu pai muçulmano e de acordo com a sharia (lei islâmica), se o pai é muçulmano, a filha automaticamente também é. 

Ishag foi condenada à morte pelo crime e deveria ser executada por enforcamento.

Tags: condenada, enforcamento, meriam, mulher, Tribunal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.