Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

Internacional

Confrontos com Abu Sayyaf deixam 16 mortos

Há mortes entre rebeldes e militares filipinos

Agência ANSA

Nove guerrilheiros e sete soldados filipinos morreram hoje, 19, em confronto entre o Exército das Filipinas e o grupo rebelde Abu Sayyaf, na ilha meridional de Jolo. O confronto ocorreu na selva vizinha à cidade de Patikul, fortaleza do Abu Sayyaf. Além das 16 mortes, pelo menos 13 soldados ficaram feridos. O Abu Sayyaf é considerado o grupo islâmico mais radical do sul das Filipinas, onde a guerrilha separatista muçulmana ocorre há décadas. Considerado ligado à Al Qaeda e inserido na lista de organizações terroristas dos Estados Unidos, nos últimos anos o grupo foi responsável por diversos sequestros e ataques com bomba, em particular contra cristãos e estrangeiros. Recentemente, a pressão das forças armadas filipinas enfraqueceu o grupo, que na semana passada viu a captura de um de seus líderes na capital Manila.

Tags: abu sayyaf, AL QAEDA, confrontos, filipinas, patikul

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.