Jornal do Brasil

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Internacional

Ucrânia promete resposta aos separatistas que derrubaram avião militar

Agência Brasil

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko prometeu hoje (14) dar uma resposta adequada aos separatistas pró-russos que derrubaram um avião de transporte militar, matando 49 pessoas. O ataque ocorreu na noite de ontem (13), em Lugansk, no Leste da Ucrânia. “Os que estão envolvidos neste ato cínico de terror em tão larga escala serão certamente punidos. A Ucrânia precisa de paz. Mas os terroristas vão receber uma resposta adequada”, disse Poroshenko.

O avião militar Ilyushin-76 transportava um grupo de soldados, destacados para substituir outros na operação antiterrorista lançada há dois meses por Kiev contra os separatistas pró-russos.

Segundo a agência ucraniana TSN, o avião transportava 40 paraquedistas da 25.ª Brigada Aerotransportada de Dnepropetrovsk, além da tripulação, formada por nove soldados.“Os terroristas, cínica e traiçoeiramente, abriram fogo com uma metralhadora de alto calibre contra um Ilyushin-76 da Força Aérea ucraniana que transportava soldados e que se preparava para aterrizar no aeroporto de Lugansk”, informou o Ministério da Defesa ucraniano.

Tags: avião, crise, internacional, paraquedistas, petro poroshenko, tsn, UCRÂNIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.